OPERAÇÕES ESPECIAIS

OPERAÇÕES ESPECIAIS

IOPE – Inspetoria de Operações Especiais

IOPE, Inspetoria de Operações Especiais. Um destacamento da Guarda Civil Metropolitana que foi criada para apoiar as unidades convencionais em situações críticas onde há necessidade de qualificação técnica e equipamentos específicos. Com profissionais treinados física e psicologicamente para manter o foco em sua missão.

Atualmente, a tropa de elite da GCM tem sido frequentemente utilizada na contenção e dispersão dos diversos pancadões pela cidade. Preferencialmente ocupam os espaços antes da aglomeração se formar, uma ação que tem um planejamento prévio e evita incidentes. Já que quando formado, esses locais reunem mais de 5 mil pessoas. Dispersar essa gente toda, sem nada e nem ninguém que os orientem as saídas, junte-se a isso, gente que precisa fugir, bandidos e pessoas em atitudes ilícitas nos locais, pessoas que geram o tumulto para se proteger da ação e possível detenção pelos policiais e acabam em tragédias como a que ocorreu no início do ano em Paraisópolis. Por isso, prevenir é sempre melhor que remediar.

Equipe de choque da IOPE impedindo invasão na câmara municipal

Outra função de extrema importância da IOPE está na contenção e monitoramento da Cracolândia. Região no centro de São Paulo que reune milhares de usuários de droga e dezenas de traficantes. Claro que seria ótimo se a Cracolândia acabasse de vez, mas o problema envolve diversas ações de vários órgãos do poder público. Há pessoas que tratam os usuários como problema de saúde, outros entendem como um problema social. Há várias vertentes, o fato é que as diversas ações da prefeitura para tentar minimizar o problema não tem a eficiência que a sociedade paulistana exige e tem direito. A região da Luz, é uma repleta de prédios históricos e que são cartões postais da nossa cidade, mas não passa disso, não passa de uma fotografia. Deveria ser uma região turística, temos a nossa história e ela precisa ser contada ao mundo. A estação da Luz deveria ser o portal de entrada para os turistas. E exemplo disso foi a Copa do Mundo em 2014, onde turistas usavam a estação para se deslocar ao estádio em Itaquera. Milhares de estrangeiros postaram suas fotos na estação, reconhecendo o valor histórico da construção e mínimos incidentes ocorreram.

Policiais da IOPE durante abordagem

Patrulhamento em regiões com altos índices de criminalidade também são o foco da IOPE. Operações de saturação e presença policial para a redução mancha criminal e efetivamente transmitir para a população a sua esperada sensação de segurança.

A IOPE foi oficialmente criada há 11 anos, conta hoje com aproximadamente 200 mulheres e homens em seu efetivo e 15 viaturas. Além disso, todos passam por treinamentos específicos com diversos tipos de armamentos não letais e para as mais variadas situações de conflito. A periculosidade rotineira desse pelotão não dá margem para erros, distrações ou comodismos, pois a atividade policial desenvolvida envolve pré requisitos como: Honra, verdade, justiça e lealdade. Tudo isso colocado a disposição da população paulistana, com foco em servir e proteger nosso maior bem que é a vida!

Viatura IOPE em patrulhamento no centro de São Paulo

Hoje a frase mais ouvida na tropa é: “TEMPO RUIM, O TEMPO TODO”. Já é quase um lema entre os policiais.

GCM IOPE você sabe que pode confiar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *